A Rússia está em alta nos últimos dias e muito se fala sobre o país, que tem cultura e comportamento bem diferente do nosso. Mas uma coisa temos em comum, o amor pelos felinos! Os russos são apaixonados por gatos e os bichanos são vistos como símbolos de paz e tranquilidade. Existe até uma tradição bem curiosa: quando um russo se muda para uma casa nova, dizem que dá sorte se um gato for o primeiro a entrar na casa. Então, quem não tem gato pode alugar um. Tem até agências especializadas nisso. O amor é tão grande que eles até comemoram o Dia Nacional do Gato, em 1º de março.

Mas, pegando o gancho do amor dos russos pelos gatinhos, resolvemos listar aqui quais são as raças nativas na Rússia e que fazem muito sucesso por lá.

O Azul Russo é a raça felina russa mais popular de todas. Reza a lenda que os marinheiros ingleses teriam levado consigo esse belo gato cinzento tingido de azul de Arkhanguelsk, uma cidade portuária no norte da Rússia.

Shutterstock/Legion Media

O Siberiano pode ser encontrado em qualquer parte do país, mas, como a raça apareceu na Sibéria, ela continua sendo conhecida como siberiana. Devido ao clima local com neve e frio, esse gatos têm uma pelagem grossa e comprida, com uma volumosa proteção interna.

Shutterstock/Legion Media

O Donskoy é uma raça bem exótica. A história do gato de Donskoy, que lembra o Sphynx canadense, começa em fevereiro de 1986, na cidade de Rostov-no-Don. Ao voltar certo dia para casa, uma moradora local chamada Elena Kovaleva resgatou uma gatinha que estava sendo judiada por um grupo de garotos. Mais tarde, a gata perdeu o pelo todo, mas os veterinários não encontraram nada de errado com ela. Pouco depois, a gata deu à luz uma ninhada e esses gatinhos foram os primeiros a ser chamados de Donskoy Sphynx.

Shutterstock/Legion Media

O Neva Masquerade Siberiano é um gato colorpoint de pelagem longa com olhos azuis brilhantes. O nome vem do fato de parecer que ele está usando uma máscara de baile de fantasia. É uma versão do siberiano.

Shutterstock/Legion Media

E por fim, os primeiros siameses, ou melhor, os ancestrais de todas as espécies subsequentes, incluindo o Mekong Bobtail, foram levados à Rússia para a Europa em 1884 a partir da capital do Sião, atual Tailândia. Eles chegaram à América em 1890 e à Rússia – no início do século 20. No entanto, o primeiro padrão da raça Bobtail Mekong foi proposto por O. Mironova, de São Petersburgo, e adotado por especialistas felinos apenas em Dezembro de 1994.

Shutterstock/Legion Media

E aí, já conhecia todas essas raças?

Fontes: Viajare / Russia Beyond

%d blogueiros gostam disto: