Uma professora da Faculdade de Wisconsin, nos Estados Unidos, está recebendo atenção especial pela pesquisa que acabou de publicar sobre a empatia de um cão por seu dono. A ideia surgiu para Julia Meyers-Manor quando seu cachorro collie tentou salvar sua mãe de uma pilha de travesseiros, enquanto estava brincando com seus filhos.

Em seu estudo, a professora observou se os cães abririam uma porta se o proprietário preso estivesse do outro lado chorando ou sussurrando e, em caso afirmativo, quanto esforço fariam para resgatar a pessoa. Ela também registrou a variabilidade da frequência cardíaca dos cães. Ela afirma que os cães podem sentir a emoções dos tutores. É isso que explica, por exemplo, que os cachorros fiquem nervosos e ansiosos quando os donos estão passando por fases difíceis.

No teste aplicado pela professora, mais da metade dos cachorros passaram pela porta para a tentativa de salvamento. Ela explica que os cães que não agiram, fizeram isso pois estavam muito estressados com a situação de emergência. Eles ficam nervosos, chorando e caminhando de um lado para o outro, sem reação.

Mais informações sobre a pesquisa clicando aqui.

%d blogueiros gostam disto: