Mesmo os animais maiores e mais peludos sentem e sofrem com os efeitos do frio e do ar seco. As mucosas ressecam e a filtragem de impurezas presentes no ar fica comprometida. Os filhotes e os animais idosos são mais suscetíveis às mudanças de tempo e temperaturas.

Os sintomas da gripe em cachorros e gatos são parecidos com os da gripe em humanos: os animais espirram, tossem, podem ter corrimento nasal e demostram cansaço, apatia. Muitos perdem o apetite. É uma doença contagiosa e, se não tratada adequadamente, pode evoluir para quadros mais graves.

É preocupante quando o pet apresenta febre e não segue o tratamento adequadamente, porque o quadro pode evoluir para pneumonia, por exemplo. Quando estão com febre, os cães ficam bastante apáticos, rejeitam comida e os olhos podem lacrimejar. Já nos gatinhos a febre pode ser percebida pelo ritmo da respiração. Os febris respiram mais rápido.

Você pode estar se perguntado se pode pegar gripe do seu pet ou o contrário, se pode transmitir gripe para ele. E a resposta é: dificilmente. São raros os casos relatados. Na grande maioria, nem o tutor passa gripe para o pet e nem o pet transmite a doença para o tutor.

Cuidados para Evitar a Gripe

Seu pet está vacinado? Se a resposta é positiva, o risco dele ficar gripado é menor. As vacinas ajudam a fortalecer o sistema imunológico e algumas delas são administradas em gotinhas no nariz.

Se o seu animal de estimação vai ficar em algum hotel nos próximos dias ou meses ou costuma passear em lugares muito frequentados por outros animais, avalie com o veterinário a necessidade de reforçar a vacina. Em lugares cheios o risco de pegar a doença é maior.

Como Proteger os Animais do Frio

Tem animal que não gosta de roupas. Mas se o seu pet curte um look diferente, use casaquinhos protegê-lo do frio. Mas é preciso ter cuidado com o material da confecção. Roupinhas de materiais sintéticos podem provocar alergias, por exemplo, diferentemente das confeccionadas em algodão. Também é uma opção forrar as caminhas e cobrir os pets para eles ficarem mais quentinhos.

Seu Pet Dorme na Varanda ou no Quintal?

Quando a temperatura está muito baixa, pondere levar seu pet para dentro de casa. Caso contrário, no quintal ou na varanda reforce a proteção contra o frio, vento e chuva. Cubra as casinhas e deixe o abrigo mais confortável e quentinho com colchonetes, mantas ou cobertores.

Banhos devem ser mais espaçados no frio?

Em locais especializados, os banhos são dados com água e ambiente em temperatura agradáveis e os pets ficam confortáveis. Então, mesmo nas temperaturas baixas, a frequência do banho não precisa ser diminuída.

%d blogueiros gostam disto: