Está pensando em ter um gatinho justamente porque parece fácil? Bom, eles são mesmo bem mais independentes do que cachorros, mas precisam de alguns cuidados específicos e é claro, precisam de muito amor e carinho!

A primeira questão que você precisa avaliar é: prefiro um adulto ou filhote? Os dois demandam cuidados diferentes e isso deve ficar claro. Gatos filhotes são mais dependentes e necessitam de atenção o tempo inteiro. Quando um filhote órfão é adotado, cuidados como alimentação devem ter atenção dobrada. Lembre-se: gatos filhotes são bem parecidos com crianças!

Ahh, e é muito provável que você precise mudar alguns hábitos da sua vida para adequar melhor com a chegada do gatinho. Você está disposto? É preciso estar!

Uma coisa que é diferente entre cães e gatos são os passeios! Você não precisa sair para caminhar no parque com seu gato, mas os felinos possuem bastante energia, que precisa ser gasta de forma adequada para a espécie.  Arranhadores, brinquedos e petiscos são ótimas opções para distrair os bichanos.

Assim como os cachorros, os gatos necessitam de cuidados essenciais como vacinas, boa alimentação, banhos e estimulação para não se tornarem sedentários. O sedentarismo pode levá-los ao extremo estresse e desencadear diversos problemas.

Você pode estar pensando: banho? SIM! Banhos! Banho não faz mal para o gato e você deve conversar com o veterinário sobre a periodicidade adequada. Eles não precisam de banho semanais como os cachorros.

Os gatos também necessitam de vacinas para proteger de diversas doenças que podem ser fatais. Além da anti-rábica que é obrigatória por lei, existem três tipos de vacinas para os gatos e  o seu médico veterinário saberá indicar quais são as vacinas necessárias.

Já falamos aqui de médico veterinário. Você vai precisar levar seu bichinho ao veterinário com alguma frequência, especialmente nos primeiros meses com seu gatinho.

A alimentação também precisa de atenção. Após o desmame, os gatos podem comer ração seca e úmida em sua alimentação. É importante frisar que gatos não podem comer ração para cachorro.

E aí? Está preparado para ter um gatinho em casa?

Com informações de PetLove

%d blogueiros gostam disto: