De acordo com um estudo veterinário, a doença dentária é um dos distúrbios mais comuns relatados pelos veterinários. Outro estudo estima que 80% dos cães desenvolverão alguma forma de doença periodontal por volta dos 2 anos de idade.

Para entender melhor como cuidar de dentes do seu cão, é importante entender a composição dos dentes e como garantir melhor a saúde dos dentes de cachorro. Aqui estão alguns fatos que você provavelmente não sabia sobre dentes de cachorro.

1- Cães substituem seus dentes de leite permanentemente

Assim como os bebês, os cães nascem sem dentes. Os dentes de leite aparecem nos filhotes nas primeiras semanas de vida. Os incisivos crescem primeiro, seguidos pelos caninos e pelo resto dos dentes, os chamados pré-molares. Devido ao fato de os filhotes conhecerem o mundo mordendo, os dentes não são apenas muito afiados, mas também próximos um do outro. Mas nos cachorros, a transição entre os dentes acontece muito rapidamente, em questão de semanas.

2 – Cães adultos têm mais dentes que humanos

Cães adultos têm 42 dentes. A maioria das pessoas tem 32. Já os gatos possuem apenas 30 dentes.

3 – Cães raramente tem cáries

As bactérias encontradas na boca dos cachorros são diferentes das que vivem na nossa. E tudo porque eles não consomem tanto açúcar quanto os humanos. As espécies de bactérias responsáveis ​​pela cárie são muito raras na boca do cão.

4 – As raízes dos dentes de cachorros são diferentes

Os três molares superiores têm duas raízes, enquanto os dois molares inferiores têm três raízes. Além disso, as raízes dos dentes caninos são surpreendentemente longas. A parte de cada dente que pode ser vista acima da gengiva tem apenas cerca de um terço do comprimento de todo o dente, incluindo a raiz.

Com informações de PETMD

%d blogueiros gostam disto: