Mesmo antes de chegar o inverno, o outono já traz temperaturas mais baixas e tempo seco na maior parte do Brasil. E se nós, humanos, já sofremos um pouco com essa mudança de temperatura, o mesmo acontece com os animais!

Preste ainda mais atenção de você tiver um cão filhote ou mais idoso em casa, já que a imaturidade do sistema imunológico ou a idade avançada podem prejudicar o pet. As doenças mais comuns nessa época do ano são a gripe canina, pneumonia, bronquite, tosse alérgica e ressecamento dos olhos. Cachorros da raça lhasa apso e pug tendem a ter mais problemas oculares nestas épocas do ano, sofrendo mais com ressecamentos.

As roupinhas podem ser uma boa opção para os dias mais gelados. Também é bom lembrar de deixar mantas e cobertores no local onde o pet costuma dormir, para que ele possa se manter aquecido durante a noite. A variação climática também pode trazer desconforto aos bichinhos, como dores articulares, que provocam dificuldade de locomoção. Se isso acontecer, não force o animal com passeios muito longos.

O horário do passeio também pode precisar ser alterado. É melhor evitar os horários mais frios, como início da manhã e noite e aproveitar horários de temperatura mais amena como no meio da tarde.

Você também pode perceber que seu cachorro fica mais faminto no inverno e isso acontece porque no clima frio ele pode ter mais apetite. Mas, disponibilizar mais alimento pode trazer problemas digestivos e ganho de peso, portanto, mantenha a alimentação equilibrada.

Além disso, a vacinação é necessária não só nos meses mais frios, mas também no restante do ano para manter os animais saudáveis.

%d blogueiros gostam disto: