10

abril

Pesquisa mostra a diferença entre donos de cães e gatos

Uma pesquisa feita pelo IBOPE Inteligência analisou quem são e como se comportam os donos de cães e gatos brasileiros.O IBGE já mostrou que o Brasil possui 52,2 milhões de cães e 22,1 milhões de gatos sendo que, dos 65 milhões de domicílios do país, 44,3% possuem pelo menos um cachorro e 17,7% pelo menos um gato.

No caso dos tutores de cães predominam os perfis mais envolvidos, mas também existem aqueles que desenvolveram uma relação mais pragmática com seus cães. Entre os donos de gatos a situação parece se dar de forma inversa: predominam os perfis menos envolvidos.

Mulheres têm mais gatos, que homens. Os homens casados preferem ter cães. Porém, ambos, decidem ter um pet, quando mais velhos, por volta dos 40 anos. Os tutores de cães e gatos, em sua maioria, moram no Sudeste e pertencem a classe B.

Donos de cães parecem ter um perfil mais “família”, enquanto os donos de gatos e os que não têm pets são mais jovens e solteiros. O maior motivo de não querer um pet é morar sozinho. Apenas 3% dos entrevistados que moravam sozinhos, tinham pet.

Donos de cães

– 51% são casados

– Moram com mais de uma pessoa

– Moram em casas

– Maior concentração na classe A

– O cuidado é compartilhado com outras pessoas

– Levam ao veterinário com mais frequência

– Gastam mais, devido a banho, tosa, ração e veterinário

Dono de gatos

– Maioria solteira

– Moram em casas

– 63% são mulheres

– Adotam mais do que compram gatos

– O cuidado é exclusivo do tutor

– Costumam castrar seus animais

– Buscam informações em blogs e fóruns online

*Com informações de Mars

infográfico

Deixe uma resposta

Os campos com * são obrigatórios

onze − 8 =